Resenha: Se eu ficar

 Nome original: If I Stay

Gênero: Romance/Drama

Autor (a): Gayle Forman

Editora: Novo Conceito


SEF

Se eu ficar é o livro mais apaixonante que já li, e relata uma história em que a personagem principal: Mia, uma adolescente super na dela que toca violoncelo, sofre um acidente com sua família, ela observa seu corpo ser retirado dos destroços, ainda conseguindo ouvir a música, e vê que seus pais estão mortos, mas ela não consegue encontrar seu irmão pequeno, Teddy.
Mia fica em coma, em estado de vida ou morte, e cabe a ela decidir se ela quer ficar ou não. Ao longo da história, ela vai lembrando de acontecimentos da sua vida, onde conta sua história amorosa com Adam, um menino super descolado que toca numa banda chamada Shooting Star, ao mesmo tempo que se relata o que está acontecendo quando ela está na UTI.

Em muitos momentos várias pessoas ficam no hospital, como seus avós, sua melhor amiga Kim, e Adam, aquele que está em choque, que tenta invadir a UTI, aquele que é apaixonado por ela.
Um dos momentos mais marcantes é quando ela descobre que seu irmão também morreu, e ela começa a desistir de ficar, ela fica fraca e quer morrer. Mas quando Adam vai na UTI e pede pra ela ficar ela não resiste e junta todas as suas forças para apertar a mão dele.
O livro nos leva a inúmeras reflexões, entre elas, a importância da nossa família e dos nossos amigos. A descoberta do amor de verdade, e a mais importante de todas: o valor que damos a nossa vida e o quão longe estaríamos dispostos a lutar por ela.

Beijos!

Por: •Emília .

Anúncios